Respect for Recyclers: Protecting the Climate through Zero Waste

Reducing, reusing, and recycling municipal waste is one of the easiest and most effective means of reducing greenhouse gas emissions. It also provides gainful employment to millions of people in the developing world, mostly in the informal sector. Yet rather than supporting these efforts, climate funds such as the Clean Development Mechanism are subsidizing incinerators and landfill gas systems, which compete directly with recycling and increase emissions, unemployment, and public costs.

While it claims to be experimental and not commercial, the company behind the Usina Verde incinerator has been promoting large scale waste-to-energy incinerators uisng this plant as a model, ecen though the plant is not able to produce enough energy to meet its own needs.

Verde mesmo é a coleta seletiva! Impactos da incineração vs Benefícios da coleta seletiva.

Documento preparado pela GAIA e atualizado numa base contínua, chamada Mitos e Fatos da incineração. Para esta versão em Português foram adicionadas algumas informações sobre o Brasil, mas também tem informações úteis sobre as perspectivas da incineração no mundo.

A responsabilidade pelos resíduos gerados pós-consumo é dos fabricantes, importadores, distribuidores, comerciantes, sendo essa, portanto, a definição de produtor. Deve ser introduzida no sistema de REP uma
definição de responsabilidade estendida do
produtor que transfira a responsabilidade
financeira da gestão de resíduos das
municipalidades para o produtor de forma
prioritária, e que transfira ademais
responsabilidades de tipo informativa e legal
de seus produtos em todo seu ciclo de vida.

Esta série de perguntas foi criada para ajudar as comunidades a se envolverem ativamente com a indústria e o governo em relação a propostas de incineradores de “valorização energética de resíduos”, promover o direito da comunidade de conhecer e proteger sua saúde, meio ambiente, comunidade e futuro. A coleta de dados a partir dessas perguntas permitirá que as comunidades testem as alegações feitas pelas empresas incineradoras e responsabilizem as autoridades.

A quantidade de materiais descartados nos países em desenvolvimento1, tem alcançado proporções críticas nos últimos anos. Parte do problema está relacionada ao aumento da população2, a migração da zona rural para urbana, o incremento da globalização e dos padrões de consumo insustentável do ocidente, e a proliferação de produtos e embalagens descartáveis.

A incineração é uma tecnologia que trata os resíduos urbanos, médicos e industriais utilizando altas temperaturas. Transforma materiais descartáveis tais como papeis, plásticos, metais e resíduos alimentares em cinzas, gases de combustão, poluentes atmosféricos, calor, efluentes líquidos, entre outras emissões.

A incineração e os processos associados ao Waste to Energy são tecnologias que tratam os resíduos urbanos, médicos-hospitalares e industriais utilizando altas temperaturas.