Os membros da GAIA e do BFFP em África apelam aos líderes Africanos para que negoceiem um forte tratado global de plásticos antes do Segundo Comité Intergovernamental de Negociação (INC2) em Paris (29 de Maio a 2 de Junho de 2023)

O tratado global de plásticos representa, para África, uma oportunidade histórica para enfrentar os desafios únicos que o continente enfrenta devido aos impactos adversos do ciclo de vida completo dos plásticos. Na sua primeira sessão, o Comité Intergovernamental de Negociação (INC1) solicitou à secretaria que preparasse, para consideração do Comité na sua segunda sessão, um documento com possíveis opções de elementos para um instrumento internacional juridicamente vinculativo, com base nas contribuições dos Estados-Membros, para o qual 14 países Africanos enviaram contribuições individuais, além da apresentação do Grupo Africano sobre o que formará os objectivos fundamentais; obrigações essenciais, medidas de controle e elementos de implementação para o tratado global de plásticos.

O município de León Cortés está localizado na região montanhosa de Los Santos, com o nome dos distritos principais dos três municípios da região (Santa María de Dota, San Marcos de Tarrazú e San Pablo de León Cortés), os quais são muito próximos. Os municípios possuem baixa densidade populacional porque ocupam extensos territórios montanhosos (1.400 a 3.200 metros acima do nível do mar). Dota tem 6.980 habitantes, Tarrazú 16.280 e León Cortés 12.200.

A empresa chamada “Agropecuaria 7048” apresentou seu projeto “Resíduos para Energia”, utilizando a técnica de gaseificação, perante várias Câmaras Municipais. O prefeito de León Cortés iniciou as negociações e assim em 2014 solicitou permissão do Conselho Municipal para assinar uma carta de intenção para o Município de León Cortés entregar 17 toneladas para a usina de gaseificação.

O município de Drakenstein está localizado no Município do Distrito de Cape Winelands, na província do Cabo Ocidental da África do Sul. Em 2011, contava com uma população de 251.262 habitantes. O município cobre uma área total de 1.538 quilômetros quadrados no vale do rio Berg, a oeste da cordilheira Boland. De acordo com o município de Drakenstein, “Em média, 42.000 pontos de serviço de remoção de resíduos são atendidos semanalmente e 84.150 toneladas de resíduos sólidos foram descartadas no local de eliminação de resíduos sólidos de Wellington”.

Os municípios sul-africanos estão enfrentando um aumento nos desafios do gerenciamento de resíduos. “O crescimento populacional, a urbanização e o crescimento da renda resultaram no aumento da geração de resíduos, aumentando assim, a pressão sobre os municípios em termos de prestação de serviços e infra-estrutura de gerenciamento de resíduos, incluindo aterros sanitários”. Em meio a esses desafios, os municípios são frequentemente apresentados com falsas soluções para a crise de gerenciamento de resíduos, que são soluções de fim de tubo, que não abordam a questão na fonte. Uma dessas soluções tecnológicas rápidas é a incineração de Resíduos para Energia (WTE).

A região de Araucanía no Chile, especificamente a cidade de Lautaro, na província de Cautín, foi escolhida em 2016 pela empresa WTE Araucanía SPA para propor a instalação de um incinerador de resíduos com capacidade para tratar 200 mil toneladas/ano de resíduos, inicialmente para tratar os resíduos da capital regional Temuco, e posteriormente de toda a região. Hoje a região gera 306.000 toneladas/ano, pelo menos metade deste volume, que corresponde ao município de Temuco, é transportada para a região de Bio Bio, a um custo de 453.000 USD por mês para o município.

Felizmente, desde então, os cidadãos nada mais fizeram do que se informar e aprender sobre as consequências que este tipo de projeto poderia ter em seus territórios, trabalhando ativamente para repudiá-lo, o que levou a que o projeto fosse rejeitado pela governança local.

Barueri é um município do Estado de São Paulo localizado no oeste da região metropolitana, com uma área de 64,2 km2, e uma população estimada em 2021 de 279.704 habitantes. É uma cidade orgulhosa de sua história, que data do Brasil colonial, fundada em 1560 pelo padre José de Anchieta Anchieta. Hoje tem um grande potencial turístico para a economia local. Embora pitoresco, o setor sofre impactos ambientais significativos e, portanto, é classificado como uma “zona de grave saturação”, dada a existência de uma estação de tratamento de esgoto para 17 milhões de pessoas; uma estação de tratamento de lixo espacial, um aterro público e a destruição da Lagoa de Carapicuíba.

A história da instalação do que seria o primeiro incinerador municipal de resíduos sólidos no Brasil data de 2010. A concessão foi dada à Foxx, agora chamada Fox-URE-BA, com o objetivo de queimar os resíduos não apenas de Barueri, mas também dos municípios vizinhos de Santana de Parnaíba e Carapicuíba. É proposta a incineração de 870 toneladas por dia. A empresa ofereceu o uso de tecnologia de ponta da Europa para filtrar partículas, bem como um processo de monitoramento dessas emissões que estaria disponível publicamente. O investimento está estimado em quase US$ 15 milhões, que seriam financiados em parte pelo Banco Mundial e pela Corporação Financeira Internacional (IFC). A empresa tem o apoio da Secretaria de Meio Ambiente de Barueri e da Prefeitura de Barueri em seu processo de licenciamento.

Cartilhas ilustradas sobre a crise do plástico.

Conteúdo:

  • O ciclo de vida do plástico e a crise socioambiental globalizada.
  • A produção do plástico.
  • Aditivos tóxicos do plástico.
  • As falsas soluções e os negócios que pretendem acabar com a poluição.
  • O tratado global de plásticos para controlar seu ciclo de vida completo.

Reducing, reusing, and recycling municipal waste is one of the easiest and most effective means of reducing greenhouse gas emissions. It also provides gainful employment to millions of people in the developing world, mostly in the informal sector. Yet rather than supporting these efforts, climate funds such as the Clean Development Mechanism are subsidizing incinerators and landfill gas systems, which compete directly with recycling and increase emissions, unemployment, and public costs.

While it claims to be experimental and not commercial, the company behind the Usina Verde incinerator has been promoting large scale waste-to-energy incinerators uisng this plant as a model, ecen though the plant is not able to produce enough energy to meet its own needs.

Verde mesmo é a coleta seletiva! Impactos da incineração vs Benefícios da coleta seletiva.