Queimando os recursos: As armadilhas econômicas da incineração em oposição à Produção Limpa e uma política de “Lixo Zero”

A quantidade de materiais descartados nos países em desenvolvimento1, tem alcançado proporções críticas nos últimos anos. Parte do problema está relacionada ao aumento da população2, a migração da zona rural para urbana, o incremento da globalização e dos padrões de consumo insustentável do ocidente, e a proliferação de produtos e embalagens descartáveis.